Voltando aqui!!

Outro dia estava mostrando o blog para um dos meus alunos e contando que em LA as vezes você se depara com animais silvestres: coiotes, cervos, ursos… Inclusive contei lhe que eu e duas amigas enquanto íamos xeretar uma gravação de um filme da Natalie Portman tivemos que abortar o plano pois dois coiotes apareceram no caminho. Para nossa sorte um carro passou e não pensamos 2xs: o moço abriu a porta e pulamos para dentro.

Claro que não recomendo que ninguém entre no carro de um estranho, mas entre ser perseguida por coiotes e pegar carona para subir a rua no carro de um estranho, stranger it is.

Anyway, enquanto contava essa história para o meu aluno bateu uma saudade de escrever sobre as viagens que fiz. O fato é que não contei nem de perto todas as aventuras que tive em LA e NY o ano passado e nem comecei a contar as dos anos anteriores como por exemplo, minha vida em Londres, a visita a um amigo em Roma ou quando fui com a minha mãe para o Japão falando um Inglês para la de capenga e manjando nada do idioma Japonês.

Mas claro que é mais legal quando a viagem está recente, porém enquanto não subo em um avião again, a memória é capaz de me levar aos lugares que um dia visitei em questão de segundos. Eu não sei como é para você mas para mim esses cientistas estão demorando muito para inventar o tele transporte 😉

Prox Post é  a xs de Roma!

Prox Post é a xs de Roma!

Trabalhando com os Produtores de Alice ;)

Bom já vai fazer quase 2 meses que voltei da minha sassaricada em LA e ainda não contei sobre o meu segundo estágio, na produtora Team Todd. (btw agora estou em NY,so way passed overdue)

Vale a pena dar um google na Team. Fizeram filmes de gêneros bem variados, mas os dois mais famosos são a trilogia  “Austin Powers” e ” Alice in Wonderland”. Quando cheguei na produtora estavam lançando ” Celeste e Jesse Forever” como mencionei em um post anterior.

A primeira vez que fui ao escritório foi aquele impacto imediato, um poster gigante de “Snow White and the Huntsmen” ( dividem escritório com a Revolution Studios) e ” Alice in Wonderland”. Lembro-me deter  pensado : ” sim !sim! quero trabalhar aqui”.

O escritório ficava do lado totalmente oposto de onde eu morava em LA, mas juro pegar 4 buses para ir trabalhar lá duas vezes por semana valia muito a pena. Creio que nunca aprendi tanto na vida em tão pouco tempo. Fiquei na área de desenvolvimento = ler material que chega na produtora e avaliar se vale a pena ou não ser produzido. Lembro que pensei de cara, ” pera aí, tá está na minha mão se algo vai pra frente ou não?!?!”. Bom, sim e não. Alguns materiais eram lidos também pela minha chefe, os de maior peso. Outros que eram suspeitos, esses sim vinham direto para a estagiária aqui.

O melhor de estar nesse lado é descobrir que; sim, tudo que chega na produtora é lido. Ok, talvez não pelo produtor renomado que todos conhecem, mas que sim alguém vai ler o seu material e que se for realmente bom, ai sim vai chegar na pessoa que decide na produtora.

Minha boss Julianna, se vc acha pouco papel em cima da mesa ,vc ainda não viu de baixo!!

Gostaria de ter ficado mais na Produtora, sei que aprenderia mais ainda. Me senti sortuda pois em muitos estágios a principal função do estagiário é servir café, o que não ocorreu lá. Ok busquei subways na última semana, mas um era para mim e só  foram 3 vezes, ufa!!

O que fiquei mais feliz foi de saber que meus argumentos quando avaliava um material estavam coerentes e alguns refletiam exatamente a opinião da minha chefe sobre o material. E fiquei mais feliz ainda, quando ela me informou que um material que eu era totalmente contra eles produzirem,  eles decidiram não produzir. Juro foi um alívio, pois apesar de ter um público (infelizmente) garantido, o material era de extremo mal gosto.

Corredor do Office!!

Porém perdemos os direitos de um material muito legal, mas como disse a minha chefe; vai ser produzido, infelizmente não por nós.

Acredito que se tivesse ficado mais tempo teria aberto mais portas, por exemplo; ficar mais próxima da chefe da minha chefe, que para mim era extremamente intimidadora , mas não inalcançável. =)

Mas foi uma experiência um tanto surreal, na qual de repente você está realmente dentro da indústria, onde google, deadline.comtvline.com, variety, Hollywood Reporter viram os seus maiores aliados.

E claro que agora que meu estágio acabou, eles estão com 4 projetos em pré produção!! 😉

Redondo Beach = Is The OC bitch! – Na verdade não mas …

Redondo Beach Pier

Redondo Beach Pier

Ok alguns dias de volta de LA. Mala ficou no meio do caminho=Detroit, depois de 3 dias chegou no RJ. E no fim dessa semana volto pra SP, apenas estive lá na sexta passada, mas rebobinando para as minhas últimas aventuras em LA.

Em LA quando seus amigos te chamam para tag along ( ir junto) pra alguma praia de carro a gente vai até o campus deles em Westwood ( o bairro onde fica a UCLA que é do lado de Beverly Hills) que é longinho mas facil de chegar de bus da onde eu morava, Burbank. Depois de me perder entre um dos prédios da faculdade e achar as residências estudantis, encontrar minha amiga e seus dois amigos que haviam acabado de chegar em LA, bora ir para Redondo Beach.

Quando chegamos em Redondo Beach logo reconheci, gravaram o seriado The OC na área. Primeiro reconheci o pier e aos poucos fui reconhecendo a lanchonete que usaram de cenário como também o exterior de um prédio abandonado que usavam como o exterior do Bait Shop. BTW eu era super fan de The OC.

Cena de The OC que lembrei assim que pisei no pier!

Cena de The OC que lembrei assim que pisei no pier!

Eu tinha a impressão que havia lido essa informação o ano passado, porém assim que chegue em casa dei um google, e batata, eu estava certa. No pier de Redondo Beach foi onde gravaram a maior parte das cenas de praia do seriado The OC, para quem estiver ou for na área vale a pena entrar nesse site http://www.seeing-stars.com/oc/ThePier.shtml  tem as locações exatas.

Redondo Beach como praia, é simpática mas haja alga na areia, o que acumula muito bichinho, mas tinham uns lugares bem legais pra comer frutos do mar frescos, apesar que para o meu gosto eles estavam frescos até demais.

Já no outro dia fomos pra Venice Beach, que é mais agitada e tem uma areia mais legal mas ainda assim com bastante pedrinha. Porém não ficamos na área mais conhecida que é onde tem os graffitis e skatistas. Mas acabei vendo um pouco da área quando fui caminhar, infelizmente sem a câmera.

O nosso dia acabou na Cheesecake Factory que ao contrário do que uma amiga achava, serve comida também. Mas as porções são gigantes se o seu plano é chegar na cheesecake fique nas entradas. 😉

Venice Beach!!

Venice Beach!!

Da próxima vez em LA quero fazer de bike de Santa Monica – Venice, que tem locação nas duas praias e tem fama de ser um percurso legal e bem próximo, mas fica pra next time.

The WB tour – Cenários e Behind the Camera!!

Gazebo de Gilmore Girl, agora de Hart of Dixie!!

Ahhhhh The WB como não visitar você quando está na rua do lado (posso ir andando) e meus seriados favoritos  foram ou são gravados ai! Eu realmente queria ter visitado os outros estúdios o que era o meu plano inicial, já que ano passado fui na WB! Porém não resisti e que bom que fui, pois o tour desse ano e ano passado foram completamente diferentes!

Ano passado vi o cenário principal de “Chuck” a Buy More, que esse ano já não existe mais e fiz o tour geral dos museus e dos cenário  externos! Esse ano visitei o cenário de “The Big Bang Theory” and “The Mentalist”- o que foi funny, pq no do ano passado vi o Simon Baker de “The Mentalist” logo que entramos no backlot- logo um tour complementou o outro!

Gotta a Secret can you keep it. Pretty Little Liars

Para variar eu era a que via tudo, e o guia se empolgou e realmente mostrou o máx possível, até andou com a gente na área externa pelos cenário que foi um dia Stars Hollow (Gilmore Girls) que é hoje Blue Bell (Hart of Dixie) ,Rosewood (Pretty Little Liars) e usado em partes por diversas outras séries!

Nerd Herd! Fiquei feliz que mantiveram pelo menos o carro do “Chuck” no museu!

E claro que passei again pelo museu de carros do filme, obviamente tirei mais fotos do Nerd Herd, passamos pelo cenário de Friends que conservaram o Central Perk e o museu com props e vestuáriis usado nos filmes e séries + um andar recheado com coisas dos filmes do Harry Potter incluindo o chapéu que escolhe a sua casa, btw I’m Gryffindor!:)
Esse ano fui com duas amigas, o ano passado fui sozinha, a vatagem de ir com mais gente é que não sou a única falando que gosta da série xyz mas a WB é o típico lugar que me divirto de qualquer jeito de uma certa forma é um daqueles lugares que posso falar ” eu pertenço aqui” e se tudo der certo ainda trabalharei nos estúdios!

Kelly Clarkson + The Fray no Hollywood Bowl

Sam e eu chegando no Hollywood Bowl!!

Sam e eu chegando no Hollywood Bowl!!

Última semana em LA e eu ainda não consegui colocar esse blog em dia, semana passada foram muitas emoções! Show da Kelly Clarkson + The Fray no Hollywood Bowl, último dia de aula na USC, visita a Warner Brothers e a última semana no internship 2 = Team Todd!
Por partes segunda feira foi corrida por que claro eu e a minha amiga deixamos para finalizar a apresetação em grupo uma hora antes do horário da aula! Website lay out e poster feitos, corre pra sala para não atrasar!
Honestamente achei as atividades em grupo um tanto nada a ver com o curso mas blz bora vender um pitch de comédia romântica de natal com Resse or Ginnifer Goodwin como atrizes principais. Atividade chatinha mas de boa que a idéia da minha amiga tem potencial!
Anyway fim de aula despedida geral do grupo, hamburguer com alguns e um transito rudiculo de quase 30 min no mesmo quarteirão  pra chegar onde era possivel estacionar o carro por um preço razoável e andar pro Hollywood Bowl.
Tem que lembrar que Hollywood Bowl é uma área de pick nick, logo as pessoas chegam cedo pra comer antes, bom e se você pegar os melhores assentos pode comer durante, pq esses tem mesa(não é o meu caso). Mas resumo da ópera com mesa ou sem mesa as pessoas comem muuuuuito durante o show!

Full house!!

Teve uma banda de abertura antes do The Fray, depois foi o show deles e eu e minha amiga vimos que haviam lugares vagos no setor abaixo não pensamos duas xs afinal ficar um pouquinho mais perto do palco é sempre bem vindo!
The Fray manda muito bem ao vivo, pena que eu não conhecia tantas músicas, tirando How To Save a Life e Over My Head , já a Sam tinha ido num show deles não fazia tanto tempo .
Mas a Kelly Clarkson arrazou, ela é genial ao vivo, voz perfeita, e as primeiras 6 músicas foram uma atraz da outra sen break, excelente !. Vi ela pela 1ra xs ao vivo no Koko em Londres 2005 ou 2006, show perfeito mas menor, Hollywood Bowl nem se compara e público Americano é definitivamente mais empolgado que o Inglês.
Foi bem legal que ela convidou o participante dela de Duets pra cantar com ela no palco o cover da Duffy – Mercy que eles fizeram no programa! Muito divertido!

Sunset during The Fray!!

Depois também chamou o John Legend que cantou duas com ela! O dueto do album “Don’t you wanna stay” originalmente cantada com o Jason Aldean e depois fizeram o mesmo dueto que apresentaram no programa ( e eu não lembro o nome da música).
Ela literalmente cantou todos os maiores sucessos, só senti falta de “Sober” pq sei que é uma música que a Kelly gosta muito, mas tocou as minhas favoritas mesmo eu achando um segundo pós término de show que ela não havia cantado “Behind These Hazel Eyes” quando foi a 2da música que ela cantou – minha memória fail total.
E era uma música melhor que a outra, e ainda cantou no meio da platéia um setor abaixo do meu o cover de “Fun – We Are Young” o que foi perfeito, pois é uma música que conecto muito com a série “Chuck” que amo e tocou muito no meu tempo aqui em LA!
Extremamente simpática durante o show com uma voz que eu e minha amiga falamos ” those are awesome freaking powerful pipes ” ( algo a la as cordas vocais dela são impressionantea).

John Legend fazendo dueto com a Kelly Clarkson!

John Legend fazendo dueto com a Kelly Clarkson!

Adoro shows performáticos mas nada como show pela música e qualidade vocal, sem mil trocas de roupas e muita música no puro gogó!é de arrepiar!
E porque é no Hollywood Bowl vale a pena mencionar que é lindo demais ver o sol se pôr durante os shows! O sol se pôs durante o do The Fray e uma lua cheia tomou o seu lugar pro show da Kelly Clarkson! Espero ver mais shows lá o ano que vem, pq eu já to contando com a chance de voltar!

“Celeste and Jesse Forever”

5feira retrasada fui assistir uma preview screening do filme que a produtora que faço estágio produziu: “Celeste and Jesse Forever” .

Uma das melhores coisas de fazer cursos de cinema em LA é a oportunidade de ver preview screenings com Q&A’s dos diretores, produtores e as vezes atores.
O filme é muito bom, espero que chegue ao Brazil, e foi exatamente isso  que perguntei pra Jennifer Todd, produtora e irmã da chefe da minha boss. Ela disse que sabia que havia sido pedido na America Latina, mas não sabia do Brasil especificamente e como é filme independente se passar vai ser em cinemas estilo Reserva ou Cultura em SP!
A Jennifer e o diretor Lee Toland Krieger ( ambos estudaram na USC) foram super simpaticos  com as perguntar dos alunos e me motivaram muito a começar a fazer filmes pq se até ela que produziu filmes como “Alice in the Wonderland” e “Memento” pena pra conseguir financiamento e usam a casa dos pais do diretor como set pq não usar a dos meus amigos de Alpha ;).
O filme é sobre um casal recentemente divorciado  que tem dificuldade em seguir em frente, literalmente pois continuam saindo juntos e meio que dividindo a casa. Quando dois amigos deles apontam o quão estranho é a relação dos dois e vira e mexe caiem nos velhos costumes, eles resolvem tentar a separação direito mas não querem perder a amizade! É bem realista, os atores são uma graça e o roteiro foi escrito pela Rashida Jones (que também atua no filme) e Will McCormack .
O filme estreou no festival de Sundance e teve uma boa recepção no LA Film Fest, e foi lançado para o publico dia 3 de Agosto em cinemas de arte em LA e NY!

Última Semana na Agência de Talentos

Chefe hilário = Rodney Chester!!

Chefe hilário = Rodney Chester!!

Primeiro rebobinando para semana retrasada que foi minha última semana  no internship 1 = Trio Talent Agency.

Foi extremamente bittersweet e vou sentir falta das palhaçadas do meu chefe e os comentários hilários das estagiárias mais novas . Era um estágio bem mecanico em termos de obrigações= mandar audiçao, receber e enviar info para os talentos, ligar para confirmar no meio de muito E! e fofoca de bastidores e um chefe que ama ver seus clientes pessoalmente e dividir quase tudo com eles!
Corredor da Trio Talent Agency!

Corredor da Trio Talent Agency!

O estilo do Rodney é extremamente comunicativo, foi dançarino de turne da Jannet Jackson e participou do seriado Noah’s Arc. Me zoava direto porque eu não entendia o nome das pessoas no telefone em minha defesa os talentos não tinham os nomes mais simples do mundo.
Aprendi muito, ironicamente o que aprendi mais foi a lidar com pessoas melhor no telefone o que btw nunca foi meu forte em nenhum idioma!
Todos ficavam na mesma sala, eu disse que ele era comunicativo!

Todos ficavam na mesma sala, eu disse que ele era comunicativo!

Lembro que no começo ia largar se conseguisse algum estágio em produtora, eu consegui o estágio na produtora mas resolvi continuar na Trio, pq o clima era muito divertido  e diferente de qualquer outro trabalho que já havia feito!!
A Trio Talent Agency fica localizada na Sunset com a N.Gardner super easy de achar, e cuida de talentos pra comerciais, print, dançarinos pra music video e show. http://www.triotalentagency.com !=)